Connect with us

Bate Papo na Rabisco Tatuagens!

Foto: Vida de Coelho

Coelhando

Bate Papo na Rabisco Tatuagens!

Rolou um bate papo muito bom com o super profissional Luis Rabisco. Falamos sobre preconceito, sobre tatuagens. Confere aí!

MAMÍFEROS queridos hoje vamos de tatuagens, uma das minhas grandes paixões! Já até mencionamos antes em outro artigo que o preconceito de pessoas mais velhas sempre existiu e muitas vezes, mesmo não concordando, acabaram aceitando. E posso confessar uma coisa? Isso acaba virando um vício (muito bom!), pois cada momento marcante que se vive pode servir de inspiração para um novo rabisco!

Na verdade, desde moleque eu sempre tive vontade de fazer tatuagens, mas acabava ouvindo da minha mãe que isso era coisa de maluco, que servia para marcar tribos dentro dos presídios e tal. Em resumo, ela dizia que a tatuagem me marginalizaria para o resto da vida (ainda bem que isso mudou!). Claro que eu ficava sem entender, porque na minha visão aquilo era muito bonito, estava mais ligado com arte, com expressão, o que acabava atraindo toda a minha atenção!

Mas no meio disso tudo, diante de todas as minhas neuras dos prós e contras, decidi entender melhor sobre a origem da tatuagem. Então comecei a analisar alguns desenhos rabiscados e geométricos dos “maoris”, que são povos nativos da Nova Zelândia. E para essa população as tatuagens possuem um significado muito além da estética, porque cada desenho pode representar um sentimento ou característica da personalidade de cada um.

Os que tinham mais tatuagens no rosto, por exemplo, também eram conhecidos por serem grandes guerreiros. E acabavam se tornando temidos por seus inimigos. O que me fez entender que a forma como as pessoas encaram tatuagens é totalmente cultural e está ligado ao ambiente em que vivem!

Exatamente por isso convidei minha irmã Ana Carolina e minha namorada Anna Clara para um bate papo descontraído com um dos mais renomados profissionais no cenário mundial dessa arte de tatuar, meu amigo LUIS RABISCO.

Bate papo descontraído

Ele não poderia ter um nome mais sugestivo e nós ficamos boquiabertos com o que ele falou sobre o preconceito que ainda existe sobre a sua profissão. Mas o que mais chamou nossa atenção, foram alguns dos locais mais escolhidos para fazer tatuagens e os seus significados.

Ficou muito clara a importância que cada tatuagem tem na vida das pessoas. Cada cliente que ele recebe em seu estúdio, independente de classe social ou gênero, ele tem uma conversa preliminar para entender a motivação de cada um e ter certeza da escolha que está sendo feita.

Com isso eu acho que ele tem histórias para escrever uns três volumes de livros no mínimo! Hahaha… O que acho que seria uma ótima ideia! Mas o que ele nos mostrou mesmo é que o maior prazer dele está em poder realizar os desejos de cada um através de sua arte, proporcionando sorrisos e aquele sentimento de felicidade nas pessoas ao final de cada trabalho.

Chegamos a conclusão que existe uma nítida quebra de paradigmas atual na visão dos mais velhos, uma maior aceitação das escolhas feitas por cada um, mostrando que as mudanças acontecem de tempos em tempos. E se olharmos isso por outro ângulo, amanhã nós é quem seremos os pais e avós. E com certeza estaremos vivendo em outra realidade, com ideias e visões diferentes das que existem hoje.

Gostaram? Então compartilha conosco as suas experiências e deixem também sugestões do que gostariam de ver por aqui. Esse é o NOSSO espaço, lugar de MAMÍFERO de verdade!

Confiram ainda esse bate papo na íntegra agora aqui nesse vídeo! E já se inscreve no canal Vida de Coelho no Youtube! (Acesse aqui).

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Coelhando

Anúncios
Anúncios

Veja também

Anúncios
Subir